Dislexia


Dislexia: O que é, quais os sintomas e como tratar

A Dislexia é um problema relativamente comum que afeta muitas pessoas no mundo todo e é mais comumente detectada em crianças. Como ela está relacionada a uma dificuldade de aprendizado durante o estudo, muitas pessoas tendem a confundi-la com preguiça ou falta de interesse. Nem todo mundo sabe o que é a dislexia, quais são as suas causas, sintomas e nem como essa doença pode ser tratada.

Se você também desconhece esse problema de saúde e quer saber mais sobre o assunto, então continue lendo esse artigo e fique por dentro de todos os detalhes relacionados a esse problema que afeta cada vez mais pessoas em todo o mundo.

O que é a Dislexia?

A dislexia consiste em uma dificuldade no aprendizado envolvendo a leitura, a escrita e a soletração bem como as percepções das dimensões (espaciais e de tamanhos), dos lados (esquerda e direita), no funcionamento da memória curta e na realização da matemática.

Os primeiros sintomas costumam ser notados durante os anos iniciais da alfabetização. Eles são o indício de um transtorno neurológico de aprendizagem que vai resultar na dificuldade da criança em decodificar os códigos que estão sendo passados a ela.

Como a dislexia é um problema que envolve a linguagem, o cérebro apresenta uma espécie de obstáculo para receber e organizar as informações, especialmente as palavras lidas. Quando outras pessoas leem as mesmas palavras, o disléxico compreende normalmente.

Agora que você já sabe o que é a dislexia, confira a seguir quais são os principais fatores que desencadeiam essa doença.

Causas da Dislexia

Ainda não existe uma comprovação cientifica sobre o que causa especificamente a dislexia. Mas, existem alguns fatores que podem contribuir para o surgimento desse problema de saúde.

O que se sabe atualmente é que ela é causada por um problema no desenvolvimento da criança que atinge o cérebro.

E duas das possíveis causas para isso acontecer é a produção exagerada do hormônio testosterona durante a gravidez e um fator de herança genética.

Sintomas da Dislexia

 

Pelo fato dos sintomas da dislexia aparecerem nos anos iniciais do estudo escolar da criança, é comum que as pessoas confundam estes sintomas com uma dificuldade de aprendizado comumente apresentado por algumas crianças nesta fase.

 

Por isso, é essencial que os pais e professores acompanhem de perto todas as fases do estudo da criança e também procurem se inteirar mais sobre o que é a dislexia e como essa doença se manifesta.

A dificuldade para aprender de uma criança com dislexia, ao contrário de uma dificuldade normal de aprendizado, vai persistir com o tempo, ou seja, a criança vai apresentar uma lentidão duradoura.

Alguns dos sintomas que podem aparecer em crianças entre dois e seis anos são: atraso no desenvolvimento da linguagem, da atenção e da coordenação motora, dispersão, dificuldade para aprender rimas, canções, o alfabeto e os números.

Após os seis anos, esses sintomas podem se repetir e ainda surgem alguns outros: dificuldade em identificar palavras, na ortografia, em organizar e formar pensamentos, em reconhecer os sons das palavras durante a leitura, desatenção, dentre outros.

 

Como a dislexia afeta a memória?

 

Crianças disléxicas normalmente apresentam uma deficiência que envolve a sua memória operacional.

Alguns pesquisadores, inclusive, atribuem a dificuldade de ler e escreve das crianças com dislexia a esse déficit de memória operacional. Isso porque a medida em que uma pessoa aprende a ler e a escrever, ela passa a usar esse tipo de memória para fazer a associação entre as letras e os sons correspondentes, constituindo assim palavras, que se combinam para formar as frases.

Dessa forma, é possível entender que esses dois fatores estão interligados e quando há problema em algum deles, consequentemente, o outro tende a não funcionar como deveria.

A princípio, esse detalhe pode até parecer inofensivo, mas com o passar do tempo, o desenvolvimento da criança, principalmente no que se refere a atividades escolares e sua forma de comunicação, acaba sendo drasticamente afetada.

Por isso, encontrar a melhor forma de tratamento, assim que o problema é percebido, torna-se fundamental para a obtenção de um prognostico satisfatório.

Como tratar a Dislexia

Se você perceber que seu filho apresenta alguns dos sintomas descritos acima, o recomendado é procurar a orientação de um médico pediatra. Ele provavelmente fará uma investigação detalhada para identificar as possíveis causas para a dificuldade de leitura e demais sintomas apresentados pela criança.

O tratamento deve ser feito de maneira multidisciplinar envolvendo médicos, professores, psicólogos e fonoaudiólogos para permitir que a criança aprenda a lidar bem com as próprias dificuldades.

É importante que os pais estejam atentos ao desenvolvimento da criança para que consigam notar os possíveis sintomas da dislexia e procurem a orientação de profissionais para conseguirem conviver bem e de forma saudável com o problema.