Depressão e Ansiedade


Depressão e Ansiedade: O que é, quais os sintomas e como tratar

Ultimamente muito se tem falado sobre depressão e ansiedade e isso não significa necessariamente que estamos vivendo uma espécie de surto desses quadros clínicos. O que acontece é que os sintomas dessas doenças estão mais identificáveis, ou seja, ficou relativamente mais fácil descobrir como elas surgiram e, a partir disso, diagnosticar corretamente cada caso.

Se você tem dúvida sobre o que vem a ser depressão e ansiedade, continue lendo esse artigo que preparamos e descubra também quais são as causas, os principais sintomas e como deve ser feito o tratamento desses problemas de saúdem que afetam cada vez mais a sociedade.

O que é Depressão e Ansiedade ?

Antes de mais nada, é preciso deixar claro que depressão e ansiedade são quadros clínicos distintos, mas que podem causar sérios danos para a saúde de uma pessoa.

A ansiedade é um sentimento de desconforto que está associado à existência de um perigo real ou imaginário e faz com que a pessoa fique preparada para uma situação danosa que vai causar algum tipo de punição, privação ou até mesmo ameaças físicas ou morais.

A depressão por sua vez, é um distúrbio emocional causado por uma tristeza profunda e baixa autoestima. Pelo fato de ambas apresentarem sintomas parecidos, muita gente acaba confundindo a depressão com a ansiedade. Mas cada uma delas apresenta suas particularidades como poderá ver mais adiante.

 

Principais Causas da Depressão e Ansiedade

A depressão e ansiedade possuem causam bem diferentes. É importante ressaltar que existe um nível de ansiedade que é normal, ou seja, um nível que deixa a pessoa mais atenta quanto às questões do cotidiano e impulsionam a resolução de uma determinada situação.

A ansiedade passa a se configurar como doença quando deixa as pessoas paralisadas pelo medo e impede que elas enfrentem as situações desafiadoras da vida.

Por outro lado, a depressão não possui um quadro normal, ou seja, ela sempre será uma patologia. Ela é causada por uma alteração química no cérebro que impede a produção habitual de neurotransmissores como a serotonina, a noradrenalina e a dopamina.

Sintomas da Depressão e Ansiedade

Os sintomas mais comuns da ansiedade são:

  • Medos exagerados;
  • Não controlar os pensamentos negativos;
  • Fixação pelos problemas;
  • Fadiga;
  • Problemas sexuais.

Os Sintomas mais Recorrentes da Depressão são:

  • Falta de motivação;
  • Perda ou aumento de apetite;
  • Indecisão;
  • Sensação de vazio;
  • Angústia.

Agora, tanto a depressão quanto a ansiedade, apresentam sintomas que são comuns a ambos os casos, tais como irritabilidade, dificuldade de concentração, pessimismo e insônia.

 

Como a depressão e ansiedade afetam a memória

 

A depressão e ansiedade são problemas que estão na lista dos grandes inimigos da memória.

Pelo menos é o que mostra alguns estudos científicos recentes realizados envolvendo esse assunto.

De acordo com esses estudos, problemas como a depressão, ansiedade e estresse, causam a liberação de determinados hormônios, como o cortisol, por exemplo, na região do hipocampo, área do cérebro responsável por armazenar lembranças e gravar conhecimentos.

Caso não seja tratado de forma adequada, esses problemas de saúde podem causar danos cerebrais similares ao Alzheimer, ou ainda acelerar o aparecimento da doença degenerativa.

Por isso, buscar um diagnóstico mais preciso e um tratamento adequado é muito importante para evitar que o quadro se agrave e acabe causando danos ainda mais graves para a vida das pessoas que sofrem com depressão e ansiedade.

Como tratar a depressão e ansiedade

Dependendo da situação de estresse e tensão que a pessoa estiver passando, ela pode achar que desenvolveu uma das doenças e cair no desespero. Para evitar esse tipo de sentimento, o recomendado é sempre procurar a orientação especializada de um médico.

Apenas um médico, a partir de uma avaliação segura e completa, será capaz de determinar se a pessoa está realmente doente. O tratamento deve ser prescrito de acordo com o estágio de cada doença apresentada pelo paciente.

No caso da depressão, o tratamento é mais delicado e envolve o uso de medicamentos antidepressivos que possuem o objetivo de reequilibrar os neurotransmissores.

A depressão e ansiedade são doenças sérias que precisam ter um diagnóstico feito por um médico. Com um tratamento adequado e supervisionado, os pacientes conseguem conviver com o problema, sem que ele afete a sua qualidade de vida!