Reabilitação cognitiva no pós AVC

avaliacoes reabilitacoes neuropsicologicas 201

Reabilitação cognitiva no pós AVC (18 marco 2020)

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) corresponde a uma das maiores causas de deficiência no mundo. Isso porque ele pode gerar uma serie de comprometimentos que vão desde sequelas cognitivas, até problemas motores bem como comportamentais. Nesse sentido, a reabilitação cognitiva no pós AVC tem uma importância significativa na recuperação do paciente.

Como funciona a reabilitação cognitiva no pós AVC

Basicamente, o processo de reabilitação cognitiva de uma pessoa que sofreu AVC é composto por 2 etapas:

Etapa 1: avaliação neuropsicológica

Primeiramente é realizada uma avaliação neuropsicológica, que consiste em uma bateria de testes feitos para verificar quais foram os comprometimentos cognitivos causados por esse problema.

É a partir dessa avaliação que se torna possível estabelecer se o paciente precisa ou não passar por uma reabilitação do gênero.

Etapa 2: estimulação cognitiva

Caso a pessoa necessite desse tipo de intervenção, segue-se então para a segunda etapa do processo que consiste na estimulação cognitiva das partes neurológicas que foram comprometidas.

Nessa etapa, são aplicadas um conjunto de técnicas assim como simulações que tem por objetivo fazer com que as funções cognitivas e comportamentais da pessoa melhorem ao ponto de se manter próximo do nível funcional apresentado por ela antes da ocorrência do AVC.

Normalmente o resultado desse estimulo é satisfatório. E o paciente consegue recuperar boa parte das suas funções cognitivas, bem como motoras, sensitivas e comportamentais.

E quando a reabilitação cognitiva no pós AVC não surte efeito?

Dependendo da severidade do problema, o paciente pode não ter suas atividades cognitivas plenamente recuperadas com a estimulação cognitiva.

E nesses casos, a abordagem mais indicada seria adotar alguns paliativos que ajudem a pessoa com suas limitações, de modo a proporcionar mais autonomia e qualidade de vida.

O que fazer para prevenir o AVC

Para garantir que suas funções cognitivas não sejam prejudicadas por esse tipo de problema, existem algumas medidas que você pode adotar para prevenir o AVC:

  • Evite o ganho de peso e obesidade praticando atividades físicas regulares e mantendo uma alimentação saudável e equilibrada;
  • Não consuma bebidas alcoólicas em excesso;
  • Evite o cigarro;
  • Se for diabético, monitore sua glicose.

Além disso, a melhor forma de prevenir o avc é procurando identificar de maneira precoce os sintomas e sinais desse problema. Nesse sentido, se submeter a uma avaliação neuropsicológica para identificar possíveis comprometimentos neurológicos pode ajudar bastante.

Esse é um teste simples, completo e que além do avc também pode ajudar no diagnóstico de outros problemas neurológicos como mal de Parkinson, Alzheimer, perda de memória, dentre outros.

Quer saber mais sobre como funciona a avaliação neuropsicológica? Então veja neste link um conteúdo completo que produzimos sobre o assunto.

Nós, da empresa Medical Tecnica somos especialistas em testes neuropsicológicos computadorizados. Temos plataformas computadorizadas com baterias de testes neuropsicológicos para detectar AlzheimerTDAH, Discalculia, dislexia etc. Até oferecemos programas de reabilitação e simulação para CCL, TDAH, discalculia, dislexia, concentração etc.

Entre em contato para marcar uma apresentação online (20 min) e saiba mais sobre nossa plataforma neuropsicológica computadorizada.