Como tratar perda de memória

avaliacoes reabilitacoes neuropsicologicas 203

Como tratar perda de memória (6 abril 2020)

Com a passagem dos anos, é comum que algumas pessoas tenham dificuldade para se lembrar de algo. Mas, quando a perda de memória se torna constante, isso significa que é hora de focar com mais atenção nesse problema. Isso porque, além de prejudicar diretamente as atividades do dia a dia, esse tipo de disfunção pode indicar doenças mais graves, como o Alzheimer. Mas, como tratar perda de memória?

Essa função cerebral tende a se deteriorar naturalmente com o tempo. No entanto, existem algumas deficiências cognitivas que podem acelerar esse processo.

Mas, ao contrário do que muitas pessoas pensam, começar a ter lapsos na memória não é uma sentença. Na verdade, é possível identificar os fatores que estão desencadeando esse tipo de problema ainda no início e, assim, realizar os tratamentos adequados impedindo que a situação se agrave.

Como tratar perda de memória através do diagnóstico precoce

O diagnóstico precoce é um fator essencial para combater e tratar a perda de memória. Quanto antes uma pessoa descobre o que está gerando esse tipo de problema, mais cedo ela pode começar o tratamento.

E existem várias formas de tratar esse tipo de condições. Desde o uso de medicamentos para estimular as funções cognitivas, até exercícios mentais para fortalecer o cérebro. Inclusive, muita gente não sabe, mas assim como os músculos esse órgão também precisa ser exercitado frequentemente.

Com um diagnóstico precoce, também é possível identificar a probabilidade de agravamento da situação, como, por exemplo, o desenvolvimento de alguma doença neurodegenerativa. E com base nisso os próprios médicos poderão indicar hábitos que devem ser mudados e até mesmo medicamentos.

Por conta disso que é essencial que a pessoa, assim que perceba qualquer sinal de que a memória está sendo afetada, procure um médico para realizar o diagnóstico.

O papel da avaliação neuropsicológica

Um dos exames mais importantes para a identificação de perda de memória é a avaliação neuropsicológica. Esse é um exame multidisciplinar onde é realizado um mapeamento cerebral.

Ao aplicar essetipo de avaliação o profissional consegue analisar todas as funções cerebrais do paciente, como raciocínio, foco e até mesmo a memória.  Assim, é possível identificar alterações nessas funções, e se elas representamalgo natural da idade ou um sinal de alguma outra condição.

Uma das possibilidades de identificação desse exame, por exemplo, é que ele consegue diferenciar o tipo de perda de memória, o que é fundamental levando em conta que ela pode ser sinal de diferentes distúrbios.

Ele consegue diferenciais, por exemplo, se o paciente está tendo a memória afetada por um quadro de depressão, de demência ou até mesmo por conta de hábitos do estilo de vida.

Com a avaliação neuropsicológicaé possível obter um amplo relatório com todas as informações sobre as funções cerebrais. E é por meio dele que é possível definir o método de reabilitação neuropsicológica, e até mesmo avaliar como é possível evitar que o problema se torne ainda pior.

Agora que você sabe como tratar perda de memóriaatravés do diagnóstico precoce, não deixe de procurar um médico e realizar uma avaliação neuropsicológica. Por meio desse tipo de exame é possível identificar disfunções ainda em estágio de tratamento, evitando assim que as funções cognitivas sejam prejudicadas.

 

Nós, da empresa Medical Tecnica somos especialistas em testes neuropsicológicos computadorizados. Temos plataformas computadorizadas com baterias de testes neuropsicológicos para detectar AlzheimerTDAH, Discalculia, dislexia etc. Até oferecemos programas de reabilitação e simulação para CCL, TDAH, discalculia, dislexia, concentração etc.

Entre em contato para marcar uma apresentação online (20 min) e saiba mais sobre nossa plataforma neuropsicológica computadorizada.